Alex Cross

Alex Cross (2012) – A sombra do inimigo
roteiro: Marc Moss, Kerry Williamson
direção: Rob Cohen
1.5 out of 5 stars

Fui assistir ao filme apenas para passar o tempo até chegar o horário do pokerzinho semanal. No shopping onde estava, escolhi-o dentre os filmes em cartaz, parecendo ser a opção “menos ruim”. Porém, infelizmente, acabou mesmo apenas preenchendo o tempo. Fiquei tão entediada, que comecei a conferir meu relógio antes mesmo da metade do filme.

alex cross

Ao escolhê-lo, não sabia muito sobre ele. Sabia apenas que o vilão era interpretado por Matthew Fox – o Jack, de Lost. Apenas quando o título original apareceu na tela é que me dei conta de que era um filme sobre o detetive Alex Cross. Cross é um personagem criado pelo escritor James Patterson, que apareceu pela primeira vez no livro Along came a spider (Na teia da aranha). O filme é uma adaptação do livro I, Alex Cross (Eu, Alex Cross), em que Patterson revela ao leitor parte do passado de Cross.

O filme me agradou tão pouco que, mesmo depois de assisti-lo, eu ainda não tinha feito a conexão com dois filmes protagonizados por Morgan Freeman, no papel de Cross: Along came a spider e Kiss the girls. Mesmo com Freeman atuando quase “no automático”, ainda tem muito mais carisma e presença em cena que Tyler Perry, bem pouco convincente no papel.

Patterson claramente baseou-se em Sherlock Holmes ao criar Alex Cross. Tem observação aguçada e poder dedutivo acima da média. Porém, no filme, o personagem é tão mal desenvolvido que suas deduções mais parecem adivinhações ou “chutes” bem dados. Quase no final do filme, um pouco antes do clímax – quem nem deveria ser chamado assim – Cross chega a uma conclusão baseado aparentemente em nada. E, logicamente, por não ter base alguma, ele sequer se dá ao trabalho de esclarecer como chegou a ela. E há inúmeras outras situações assim.

Junte-se a isso o excesso de personagens secundários – tão rasos quanto um pires – e um roteiro fraco que se arrasta por intermináveis 100min.
Enfim, dispensável assistir no cinema. Dá para aguardar que passe na tv a cabo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *