#5 – Homeland

Homeland (2011)
s04e07 – There’s Something Else Going On
Showtime
★★★★★★★★★★ (8/10)

Oito anos após o desaparecimento de dois soldados norte-americanos no Iraque, um deles retorna após ser resgatado pelo exército americano. Repatriado, ele é recebido como herói pela família, amigos e pelo governo. Contra todos que o exaltam, a agente da CIA Carrie Mathison, que passou vários anos no Afeganistão, acredita que o herói é, na verdade, um espião do inimigo preparando o próximo ataque terrorista em solo dos EUA.
(fonte: adorocinema.com)

Depois do final da terceira temporada, em que nosso agente duplo predileto saiu de cena, os roteiristas tiveram de se virar para continuar a série com a mesma qualidade. Com mais política que as anteriores, conseguiram manter o nível mesmo sem incluir tantos questionamentos envolvendo confiança e traição. Mas o problema de saúde de Carrie continua tendo papel importante na trama. E ela, com a ausência de Brody, ganha ainda mais espaço. Mais workhalic que nunca, seus conflitos são o contraponto perfeito para o imbroglio político em que se envolve.

Neste episódio em que o foco é a troca de Saul Berenson por um grupo de detentos (uniformes laranjas emulando Orange is the new black), a tensão é constante. Os roteiristas não deixaram um só minuto de “descanso” para o público, que partilha a ansiedade dos personagens até o desfecho inesperado que culmina num cliffhanger de fazer o espectador se contorcer na poltrona. Felizmente não tive de aguardar uma semana para conferir a sequência, o episódio seguinte estava a apenas um clique de distância.