Toon Town

Estava (re)vendo Roger Rabbit ontem. Eu sei, é praticamente um filme infantil. Mas é divertido de assistir. E, na minha opinião, um dos melhores filmes feitos “misturando” personagens reais (gente de verdade) e desenhos 2D. Resolvi, então, fazer um lista de filmes que usaram esse recurso.

Who Framed Roger Rabbit (1998) – Uma cilada para Roger Rabbit
roteiro: Gary K. Wolf, Jeffrey Price
direção: Robert Zemeckis

Como já disse, o meu predileto. E, no meu entender, o mais bem feito também. A integração entre os atores e os cartoons é praticamente perfeita. Em certos momentos, tem-se a impressão que o elenco está realmente contracenando com os desenhos e não apenas atuando em frente a uma tela azul. O roteiro não é genial, mas não decepciona. O filme é recheado de clichês, a maioria deles fazendo referência a desenhos animados e filme noir, o que não deixa de ser uma homenagem.

rabbit[1]
the three caballeros The Three Caballeros (1944) – Você já foi à Bahia?
roteiro: Homer Brightman, Ernest Terrazas
direção: Norman Ferguson, Clyde Geronimi, Jack Kinney, Bill Roberts, Harold Young

Até o lançamento de Roger Rabbit, era o que eu mais curtia. Disney é sempre Disney. E ainda gosto muito de assisti-lo.

Space Jam (1996)
roteiro: Leo Benvenuti, Steve Rudnick
direção: Joe Pytka

Vale a pena apenas para ver Michael Jordan jogando – porque atuando é um desastre. E logicamente para ouvir Pernalonga falando “What’s up doc?”

toon town
monkey[1] Monkeybone (2001) – Monkeybone: No Limite da Imaginação
roteiro: Kaja Blackley, Sam Hamm
direção: Henry Selick
Speed Racer (2008)
roteiro e direção: direção: Andy Wachowski, Lana Wachowski
speed racer
tron Tron (1982) – Tron: Uma Odisséia Eletrônica
roteiro e direção: Steven Lisberger

Apesar de um pouco tosco, vale por ter levado ao cinema a noção de realidade virtual, onde os softwares são extensões do ser humano que os criou. Estou aguardando a estréia da sequência, Tron: Legacy, na expectativa de que o visual seja tão legal quanto o do game.

Enchanted (2007) – Encantada
roteiro: Bill Kelly
direção: Kevin Lima
enchanted
mary poppins Mary Poppins (1964)
roteiro: Bill Walsh, Don DaGradi
direção: Robert Stevenson

Pode até ser considerado um excelente musical, mas eu não gosto. Achei chato na primeira vez que assisti e não mudei de opinião depois, ao rever algumas vezes. Julie Andrews está bem, como sempre, apesar de eu preferi-la em The sound of music.

Cool World (1992) – Mundo Proibido
roteiro: Michael Grais, Mark Victor
direção: Ralph Bakshi
mundo[1]
tunes[1] Looney Tunes: Back in Action (2003) – Looney Tunes: De Volta à Ação
roteiro: Larry Doyle
direção: Joe Dante

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *