Incredibles 2

Incredibles 2 (2018)
roteiro e direção: Brad Bird

A era dos filmes de super-heróis começou há pouco mais de 15 anos e, desde então, muitos desses filmes foram horríveis, em termos de história, desenvolvimento de personagens e milhares de outros motivos. Porém Os Incríveis chegaram. E, além ter sido um dos melhores filmes de heróis já feito, conseguiu fazer com que marmanjos de 30 anos esperassem 10 anos para ver uma sequência nas telas. E cá está ela.

incredibles 2

Partindo de onde o primeiro terminou, Os Incríveis 2 cria uma trama extremamente atual (que já estava escrita desde o primeiro filme), apresenta temas com muita relevância e deixa todos os adolescentes e adultos em um completo estágio de nostalgia.
A direção é de Brad Bird (dirigiu o anterior). E, se tem uma coisa que ele sabe é fazer animação. Sua direção em relação à animação em si e à voz dos personagens é ótima, é possível perceber toda uma conexão entre os dois, parece real. Sobre o nível de animação só posso dizer que é surreal o que se vê na tela, a textura, movimentação e design são verdadeiras aulas. Michael Giancchino retorna na trilha sonora e colabora ativamente para o elemento nostalgia, os trompetes esticados e baterias a todo vapor deixam cada momento memorável.

Os Incríveis 2 talvez seja, talvez não seja tão bom quanto o primeiro filme, isso vai de cada um, mas é definitivamente um ótimo filme, que encanta e instrui as crianças e crítica a atual sociedade em que vivemos.